Artes na Alfabetização

 

Introdução

A linguagem da arte na educação infantil tem um papel fundamental, envolvendo os aspectos cognitivos, sensíveis e culturais. Até bem pouco tempo o aspecto cognitivo não era considerado na educação infantil e esta não estava integrada na educação básica. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação 9.394/96 veio garantir este espaço à educação infantil, bem como o da arte neste contexto.

 

Definição

A arte educação é uma relação entre professor/aluno/sociedade. Seu resultado é o objeto de comunicação. É uma forma de expressão, é a individualidade de cada criança, é uma comunicação com o grupo e com a sociedade que a cerca.

A arte tem o sentido de cultivar a sensibilidade e a emoção e de desencadear um número enorme de atividades que trabalham diretamente a questão da alfabetização. A arte torna o trabalho educativo interessante, atraente e sedutor.
                                                

Técnicas que serão mais utilizadas pelos professores ao longo da sua vida profissional nas aulas de artes :

 

Massa de modelar colorida;

Pintura-dedo com cola colorida;

Pintura-dedo com guache e areia

Pintura com esponja;

Colagem com papéis, tecidos sucata;

Dobraduras;

Desenho com gizão de cera;

Desenhos em papeis de diferentes texturas;

Argilas;

Brincadeiras;

 

Modelação – é uma técnica das Artes Plásticas que produz grandes resultados no desenvolvimento perceptivo/motor e é eficiente no reconhecimento e produção de formas.

Sugestões: *Pedindo os alunos para trazerem fruta ou vegetal e com a massa de modelar reproduzir uma fruta ou vegetal que trouxeram.

                  *Pedir aos alunos que façam as vogais com a massa de modelar e etc.

 

 Colagem - Tem por procedimento juntar na mesma superfície duas ou mais imagens, cada uma de origem diferente da outra, a colagem pode ser de vários materiais, pode-se usar papel, recortes de jornal, tecidos, plantas secas, barbante, bolinhas e até objetos.

 

Pintura – Pode-se fazer  em sala de aula pintura com esponja, Gizão de cera, assoprada, cotonete e etc.

 

Dobraduras – É um exercício de poder de transformação da matéria de acordo com a criatividade, o estudo e dedicação a está arte proporciona conhecimentos básicos de geometria e matemática, a partir da observação: O desenvolvimento de capacidades mentais importantes como á organização, a ordem e a disciplina.

Para as crianças o poder de criar animais, objetos, caixas, balões e envelopes, a partir de quadrados ou retângulos de papel vira uma espécie de poder mágico e as possibilidades são as mesmas da imaginação, infinitas.

Pode-se usar a dobradura em aulas ou fora delas, para ilustrar histórias, cantatas, para criação de trabalhos escolares, para confecção de decoração e etc.

 

Desenho – O olhar que o professor dirige ao desenho da criança apóia-se nas concepções que ele tem sobre o desenho enquanto linguagem, idéias constituídas na sua própria história e experiência com linguagem.

O professor estabelece com a criança  sobre seus desenhos interação que pode ser marcada pelo incentivo, pela advertência, pela indiferença.

 

Conclusão

 

A arte na Alfabetização é muito importante pois ajuda no desenvolvimento da criança em todos os âmbitos da sua vida, tanto no aspectos cognitivos, sensíveis e culturais.

E o professor tem que estar sempre atendo aos desenhos de seus alunos, não olhar em hipótese alguma com olhar de desprezo ou menosprezadamente pois a criança pode esta querendo dizer alguma coisa através desses desenhos.

A arte é uma forma de comunicação com a sociedade e devemos cada dia mais trabalhar com artes na alfabetização.